sexta-feira, 12 de junho de 2009

Piegas


-O vento frio lá fora agitava as folhas das árvores. O sol brilhava fraco no céu, típico do começo de inverno. Através da cortina da sala ela olhava para um ponto distante na paisagem. Olhar longe. Perdido. Deixou a cortina escorregar devagar pela sua mão e sentou no sofá. Se dirigiu para a mesa colocada no centro da sala, escolheu ao acaso mais um filme, ligou a televisão, selecionou o idioma, apertou "play". Mais um filme. Mais um romance "isso não existe na vida real." Sabia que era quase um massacre ficar na frente na televisão assitindo esses romances em uma data como essa, porém, de algum modo bem paradoxal aquilo a confortava de alguma maneira. Talvez bem no fundo havia aquela vozinha que dizia para ela que um dia ela viveria seu próprio filme romantico. E seria real. E seria bem real. E ela acreditava. E esperava. Deitou no sofá novamente e puxou para junto de si as cobertas. Por uma fresta da janela entrava um vento gelado que a fazia sentir frio. E não havia ninguém ali que pudesse aquece-la. Suspirou, fechou os olhos e pensou "não gosto desse dia...não gosto." Realmente não gostava, mais daria o mundo para gostar. Daria o mundo para não sentir mais esse frio dentro do peito. Daria o mundo por um amor. Um amor assim, simples, mas amor.



Nota: Sem notas. Piegas totalmente. Tentei ignorar a data. Foi em vão. Eu sou uma romantica mesmo. Hunf...

2 comentários:

  1. impossivel não ignorar essa data infeliz '¬¬


    p.s: não farei blog,fotolog e afins do McFly!
    uashuaihsuausas



    ;*

    ResponderExcluir